Novembro Azul: Mês Mundial da Prevenção do Câncer de Próstata

Os 4 benefícios do própolis
6 de novembro de 2017
Música pode ajudar os pacientes que têm Parkinson
23 de novembro de 2017

Novembro Azul: Mês Mundial da Prevenção do Câncer de Próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum no Brasil e costuma manifestar-se apenas após quatro anos, já em estágio avançado. Por isso, o exame de toque retal é de extrema importância, através dele o médico consegue identificar o volume, a sensibilidade, a consistência e possíveis irregularidades na próstata.
O exame é indispensável para o diagnóstico, ele é combinado com um exame de sangue que mede os níveis de um hormônio excretado pela própria próstata. Cerca de 20% dos diagnósticos negativos dados pelo exame de sangue estão relacionados a tumores identificados apenas no exame de toque.
Nesse mês, viemos alertar de uma forma especial sobre a necessidade da realização desse exame, que é imprescindível na prevenção contra a doença. Atualmente, por conta dos tabus, são poucos os homens que fazem, mas é importante salientar que quando se trata de saúde é mais do que necessário deixar qualquer preconceito de lado.

Como diagnosticar?
Os sintomas iniciais do câncer de próstata podem muitas vezes não serem identificados, aí que mora o grande perigo desse câncer, quanto mais tarde for diagnosticado mais comprometida estará a saúde do paciente.
É preciso estar atento aos seguintes sinais, que podem indicar um tumor na próstata:
– Dificuldade para urinar;
– Diminuição da quantidade de urina, que pode chegar até ao gotejamento na hora de urinar;
– Dificuldade em interromper a passagem da urina;
– Vontade frequente para urinar, principalmente a noite
– Sensação de bexiga cheia, mesmo após urinar;
– Dor na região dos testículos;
– Impotência sexual ou dificuldade de ereção;
– Dor ao ejacular ou urinar;
– Presença de sangue no sêmen.
Atenção: Em casos mais avançados, quando o câncer já tiver se espalhado para outras regiões do corpo (metástase), também é comum a presença de outros sintomas como dor nas costas, nas coxas, nos ombros ou nos ossos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×